A Bíblia: crer ou não crer?



"Eu não acredito na Bíblia!" Podemos eventualmente encontrar algumas pessoas que afirmam não acreditar na Bíblia por achar que ela possui inconsistências ou argumentam que cada um interpreta a Bíblia do seu jeito.

A Bíblia afirma que Cristo é a Palavra de Deus (João 1.1) e esta afirmação por si só, já produz uma contradição em relação às pessoas que não acreditam na Bíblia, mas afirmam acreditar em Jesus Cristo. Não é possível afirmar que acreditamos em Cristo se não acreditamos na veracidade da Bíblia. Segundo a própria Bíblia isto é incoerente e contraditório.

Considerando que existe o livre arbítrio no sentido de que cada um pode decidir a sua própria maneira de conduzir a sua vida, podemos lançar mão do raciocínio lógico para avaliar o fundamento das nossas próprias convicções, mas antes disto, precisamos pelos menos de uma maneira objetiva entender o propósito das Escrituras Sagradas e o objetivo do seu conteúdo. Afinal, mesmo com o livre arbítrio é importante que as nossas convicções tenham alguma sustentação.

Mas o que a Bíblia se propõe? A Bíblia se propõe a nos ensinar a verdade (João 8.31-32); a nos ensinar a maneira certa de viver (2 Timóteo 3.16-17); ela nos oferece uma vida completa (João 10.10); Ela é um livro vivo e eficaz que se propõe a transformar nossas vidas (Hebreus 4.12); e por fim nos oferece a salvação após a morte, ou seja, a vida eterna (João 3.36). Ela se propõe também a nos esclarecer as consequências desta negligência (João 5.24).

E além destas promessas, há inúmeras outras que trazem tantos benefícios para nós e para o nosso próximo através de nossas ações e atitudes, além de nos deixar completamente preparado e pronto para agir corretamente em qualquer situação.

Raciocinando de uma maneira lógica, temos então duas sentenças a respeito da Bíblia: A Bíblia é falsa ou a Bíblia é verdadeira.

Avaliemos então as perdas e ganhos com as respectivas sentenças.

Vamos considerar a possibilidade de que a Bíblia não passa de um aglomerado de histórias que apresentam inconsistências e que pessoas de má fé a usam para manipular outras pessoas ingênuas.

Consideremos que isto é a verdade e que não vale a pena perder tempo com isto ao longo da nossa vida. Consideremos então um individuo que de maneira convicta argumenta que ela é falsa.

Se a Bíblia for falsa, este indivíduo não perderá nada e não ganhará nada com a sua convicção ou talvez, ganhará um tempo extra por não ter perdido tempo com ela. E este tempo extra, será eventualmente consumido com lazer na maioria das vezes.

Se a Bíblia for verdadeira, este mesmo indivíduo perderá tudo e não ganhará absolutamente nada. Ele perderá todas as bênçãos que ela oferece para esta vida e consequentemente perderá também a sua própria salvação e não ganhará o direito de usufruir da vida eterna que faz parte das suas promessas para aqueles praticam os ensinamentos ali encontrados.

Devemos então não somente dar crédito a Bíblia, mas abrir e estudá-la com muito interesse e profundidade e, sobretudo com um espírito humilde e desejo de conhecer mais sobre Deus e sobre Cristo. Não devemos buscá-la de uma maneira religiosa, mas buscá-la no sentido de nos ajudar a seguir de uma maneira prática e obediente todos os ensinamentos deixados por Cristo.

Willian Lyon Phelps, um renomado professor nos Estados Unidos, e outrora presidente da Universidade de Yale, fez esta declaração muitas vezes citadas: “Creio firmemente na educação universitária, tanto para homens como para mulheres; mas também creio que o conhecimento da Bíblia sem um curso universitário tem maior valor que um curso universitário sem a Bíblia.”.

Por fim, um trecho do livro de Eclesiastes 12.13-14, esclarece a razão pela qual existimos e estamos aqui. “13 De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. 14 Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal.”


3 visualizações
Igreja de Cristo internacional de SP

(11) 4113-9583

comunica@icoc.org.br

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branco Twitter Ícone
  • White YouTube Icon

@2018 by Igreja de Cristo Internacional de São Paulo

logo.png
  • icoYT-escuro
  • Instagram Social Icon